sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

População de Ilhéus quer derrubar Lei do Pai Nosso

A lei do vereador "Gurita" está gerando muita polêmica
A população de Ilhéus, no sul da Bahia, começa a se mobilizar para derrubar a lei de autoria do vereador Alzimário Belmonte Vieira (PP), conhecido como “Gurita”, sancionada pelo prefeito Newton Lima, que impõe a obrigatoriedade de execução do Pai Nosso nas escolas da rede municipal de ensino. 

Considerada inconstitucional, já que fere o dispositivo da Constituição Federal que garante a liberdade religiosa, a lei vem gerando insatisfações em Ilhéus. Cidadãos prometem recorrer à Justiça para derrubar a lei, ainda não colocada em prática devido às férias escolares. É o caso do comerciante José Antonio de Melo que aguarda apenas o início das aulas para ingressar com ação na Justiça buscando anular o efeito da lei, conforme informações do blog Pimenta na Muqueca. Ele disse esperar que até lá prevaleça o bom senso do prefeito e do vereador e a lei, considerada por ele como "absurda", seja revogada. Se o objetivo do vereador foi causar polêmica e atrair holofontes, ele conseguiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário