quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Jequié: Justiça determina que prefeito restabeleça gratificação para professores

Jequié: Justiça determina que prefeito restabeleça gratificação para professores
FOTO: REPRODUÇÃO
A Justiça concedeu parecer favorável nesta terça-feira (3) ao mandado de segurança coletivo impetrado pela APLB Sindicato – Delegacia do Sol contra a Prefeitura Municipal de Jequié sobre o restabelecimento da regência. A gratificação havia sido suspensa por um decreto municipal no mês passado.

A decisão judicial reconhece a legalidade da gratificação/regência, contrapondo-se ao que a Gestão Municipal alegou para justificar a suspensão do direito supracitado.

O prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) deverá restabelecer imediatamente o benefício, sob pena de multa fixa no valor de R$ 100 mil caso a ordem seja descumprida.

As informações são do blog Marcos Frahm.

Mortes por sarampo no Brasil vão a quatro; casos em 90 dias se aproximam de 2.800

Mortes por sarampo no Brasil vão a quatro; casos em 90 dias se aproximam de 2.800
FOTO: REPRODUÇÃO
Subiu para quatro o número de mortes confirmadas por sarampo no país. O novo registro ocorreu em Pernambuco, onde a secretaria estadual de saúde confirmou a morte de uma criança com menos de um ano. Outras três mortes ocorreram em São Paulo, estado que responde por 98% dos casos da doença até agora.
Só nos últimos 90 dias, parâmetro adotado pelo Ministério da Saúde para monitorar o surto, o Brasil registrou 2.753 casos confirmados. Destes, 2.708 ocorreram em São Paulo, 15 no Rio de Janeiro, 12 em Pernambuco, sete em Santa Catarina e três no Distrito Federal.

Os estados de Goiás, Paraná, Maranhão, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Piauí registraram um caso cada.

Segundo o Ministério da Saúde, os registros estão distribuídos em 120 municípios. Já em Goiás e Piauí, os registros ocorreram em outros locais, mas receberam atendimento no estado.
Atualmente, a faixa etária com maior número de registros de casos é a de bebês menores de um ano. Para esse grupo, a incidência da doença é de 54,2 casos a cada 100 mil habitantes. Em seguida, estão crianças de um a quatro anos, com 15,8 casos por 100 mil habitantes, e jovens de 20 a 29 anos, com 10,5 casos por 100 mil habitantes.

O alto número de casos em bebês menores de um ano, que não fazem parte do calendário vacinal para a doença, levou o Ministério da Saúde a recomendar, em agosto, a aplicação de uma dose da tríplice viral em bebês de seis meses a 11 meses a 29 dias.
Chamada de dose zero, a vacinação não substitui as doses de rotina, que devem ser aplicadas aos 12 meses, por meio da vacina tríplice viral, e aos 15 meses, por meio da vacina tetraviral ou pela tríplice viral associada à vacina contra varicela. A efetividade da vacina é maior para aqueles que tiveram todas as doses recomendadas.

Para crianças menores de seis meses, a previsão é que já haja uma proteção caso a mãe tenha sido vacinada. A recomendação é que pais de crianças dessa faixa etária evitem exposição a aglomerações e mantenham higienização adequada e ventilação de ambientes.

Em caso de qualquer sintoma da doença, como manchas vermelhas pelo corpo, febre, coriza, conjuntivite e manchas brancas na mucosa bucal, a recomendação é procurar serviços de saúde imediatamente.

O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, faz um apelo para que pessoas já vacinadas não busquem a vacina, sob risco de faltar doses para crianças.
"Vimos em postos de saúde adultos com duas doses dizendo que não tinham sido vacinados. Estamos tirando doses de crianças porque tem adultos que não estão seguindo a recomendação à risca", afirma.

Após ter sido considerado eliminado no país, o sarampo voltou a registrar casos no país em 2018, inicialmente nos estados de Roraima e Amazonas.
O impulso para o retorno da doença foi a entrada de casos importados e a baixa cobertura vacinal no Brasil. A situação fez o país perder o certificado de país livre da doença, o qual havia sido entregue pela Opas em 2016.
Contribuiu, também, a queda na cobertura vacinal e a disseminação de informações falsas sobre a vacina.

BAHIA NOTÍCIAS

Catu: Grupo é preso após tentar subornar PMs com R$ 12 mil

Catu: Grupo é preso após tentar subornar PMs com R$ 12 mil
FOTO: REPRODUÇÃO
Quatro pessoas foram presas após tentar subornar policiais militares. Os acusados ofereceram R$ 12 mil aos agentes para não serem presos depois de serem flagrados com armas de fogo. Foram detidos: Moisés Norberto, de 27 anos, Gabriele Teixeira de Alcântara, de 23, Joadson Oliveira Lima, de 23, e Renildo Mendes de Jesus, de 19, foram encontrados com três pistolas – duas .40, e uma 9 mm –  munições e uma certidão de nascimento falsificada.

"Um deles, quando abordado, apresentou um RG falso e, em seguida, telefonou para os comparsas, pedindo para que trouxessem mais dinheiro, objetivando subornar as guarnições”, contou o comandante da 95ª CIPM, major Inard Sampaio de Almeida.

O oficial informou que os quatros foram encaminhados para a Delegacia Territorial de Catu foi autuado por falsa identidade, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de uso restrito. A ação foi feita por equipes da 95ª Companhia Independente da Polícia Militar (Catu) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Litoral Norte).

BAHIA NOTÍCIAS

Itaetê: Prefeito é multado por gasto excessivo em festas durante decretos de emergência

Itaetê: Prefeito é multado por gasto excessivo em festas durante decretos de emergência
FOTO: REPRODUÇÃO
O prefeito de Itaetê, na Chapada Diamantina, Valdes de Brito Souza, foi multado em R$ 10 mil por ter contraídos despesas “excessivas” para realizar festas durante vigência de decreto de emergência por estiagem. A medida foi tomada em sessão desta quarta-feira (4) do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA). Segundo acusação dos vereadores acatada pela Corte de Contas, o primeiro decreto de emergência foi assinado pelo prefeito em fevereiro de 2017, com duração prevista de 180 dias. No entanto, o ato foi revogado em maio, “sem qualquer razão plausível”.

Ainda segundo o TCM-BA, diante da aparente normalidade, o gestor promoveu festejos juninos em 2017, contratando atrações sem licitação que geraram um total de R$197,2 mil. Além disso, R$108,6 mil foram gastos através de um pregão para contratar serviços de locação, montagem e desmontagem da estrutura dos festejos, o que incluiu hospedagem. No total o custo saiu por R$305,8 mil. O TCM-BA ainda informou que logo após a realização desses festejos, o prefeito editou novo decreto de “situação de emergência” pelo prazo de 180 dias, que vigorou até agosto de 2018. A justificativa era que o município continuava afetado pela estiagem. No entanto, os gastos com festejos chegaram ao montante de R$719, mil.

Para a conselheiro relator, Francisco Netto, “não parece razoável e nem econômico que o ente público, que teve sua situação agravada com a prolongada estiagem, promova gastos expressivos com tais festividades no exercício de 2018”. Como agravante, em 2017, o município apresentou déficit de arrecadação de cerca de R$2,4 milhões. Ainda cabe recurso da decisão.

BAHIA NOTÍCIAS

Porto Seguro: Jânio Natal perde foro especial por fraudes em contratações de festas

Porto Seguro: Jânio Natal perde foro especial por fraudes em contratações de festas
FOTO: REPRODUÇÃO
O deputado estadual Jânio Natal vai responder na Justiça de 1° grau a um processo em que é réu por suspeita de irregularidades quando foi prefeito de Porto Seguro em 2006. A decisão que remete o caso à comarca do interior baiano foi publicada nesta quinta-feira (5) pelo desembargador Carlos Roberto Santos Araújo. A medida leva em conta o novo entendimento de foro especial. Assim, prefeitos só podem ser julgados em tribunais enquanto eles estiverem nos mandatos e em casos que tenham relação com os mesmos.

Natal é acusado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) de crime de responsabilidade [no caso, uso indevido de verbas públicas] e fraude em licitações. Os delitos teriam sido cometidos em contratações para as festas juninas e para o aniversário de Porto Seguro, eventos ocorridos entre 22 de junho e 1° de julho de 2006. A acusação acrescenta que em vez de fazer as contratações diretas com os músicos ou com os empresários exclusivos, o então gestor municipal acertou os procedimentos com uma produtora, no caso Xodó Eventos & Editora Musical LTDA. A soma das contratações saiu por R$ 415 mil.

O MP-BA aponta ainda que o prefeito à época deixou de fazer, de forma proposital, licitações para compra de materiais de construção, produtos hospitalares, itens de limpeza, o que gerou custo de R$ 62,1 mil. O Ministério Público também denunciou Jânio Natal por uso indevido de verba da prefeitura de pelo menos R$ 513,1 mil. Referente aos casos, as contas de 2006 do prefeito foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA). 

BAHIA NOTÍCIAS

Homem é preso com drogas em Coaraci

FOTO: POLÍCIA CIVIL- COARACI

RAILAN SILVA SOUZA, foi preso em flagrante e delito por investigadores e Policiais Militares da cidade de Coaraci, na localidade conhecida como Beira Rio II, por estar portando 30 pedrinhas de uma substância semelhante ao crack, 24 trouxinhas de uma substância semelhante à maconha e uma bucha grande de uma substância semelhante à maconha. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Coaraci para procedimentos de Polícia Judiciária.

FOTO: POLÍCIA CIVIL - COARACI



terça-feira, 27 de agosto de 2019

A descrença nos atores políticos e nas instituições


EDITORIAL POR DANILO BARBOSA

A insatisfação dos brasileiros no atual contexto político reflete uma falta de confiança generalizada. Esse é um momento privilegiado para a discussão sobre o futuro. A descrença e a falta de confiança manifestadas em relação aos políticos que hoje atuam, mostram uma percepção da sociedade sobre um sistema político disfuncional, que necessita de mudanças para reverter essa rejeição à sua estrutura.

Projetos políticos e econômicos vêm sendo intensamente debatidos na busca por soluções duradouras para superação da crise. A insatisfação com o governo, juntamente com a descrença e a falta de identificação com os políticos, desencadeia ainda mais uma crise de representação.

Pesquisas apontam que 55% afirmam que não votariam novamente no mesmo candidato que votaram nas últimas eleições. 30% pretendem votar em algum candidato fora da política tradicional nas próximas eleições. 15% não quis opinar.

É preciso saídas de ruptura para que abram espaço para o novo. Garantir o enunciado da novidade e sua efetivação. A população precisa ser mobilizada. Índices mostram que as pessoas acreditam cada vez menos, e o impacto disso para a democracia é muito grande, contribuindo assim para que a população pense que não há uma alternativa.

Não existe uma saída que não seja política. O percentual de abnegação de votos aumenta a cada ano eleitoral. Democracia é algo que se constrói juntos, na valorização das instituições, da representação, do voto. A falta de participação e cidadania afetam diretamente.

As candidaturas devem passar por novos entrantes, ainda não muito conhecidos - com ficha absolutamente limpa, com um conhecimento mínimo da história política, econômica e social, além de boa formação em administração - que se dispõem a discutir como solucionar as questões das desigualdades sociais, bem como para melhorar a economia e o desenvolvimento, como garantir a proteção básica à população, como saúde, segurança e educação.

-


Danilo Barbosa é formado em Gestão PúblicaAdministraçãoPós - Graduando MBA em Gestão Financeira e Auditoria e Controladoria Financeira; Presidente da AUC - Associação dos Universitários de Coaraci. 

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Bolsonaro determina suspensão de uso de radares móveis em rodovias federais

Bolsonaro determina suspensão de uso de radares móveis em rodovias federais
Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou a suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais. A decisão foi publicada na edição desta quinta-feira (15) do Diário Oficial da União. Não há indicação sobre quando a medida entrará em vigor.

Especialistas criticam a medida e dizem que a consequência de tirar ou diminuir radares de velocidade nas estradas federais será o aumento do número de mortos em acidentes. Um levantamento feito pela Folha mostrou que o número de mortes nas estradas brasileiras caiu 21,7% nos trechos de rodovias federais em que há radares depois da instalação dos equipamentos. Também houve redução de 15% nos índices de acidentes nos trechos em que houve instalação dos radares.

Nesta segunda (12), em evento no Rio Grande do Sul, Bolsonaro havia anunciado que acabaria com os radares móveis no país na semana que vem.

"Estou com uma briga juntamente com o Tarcísio [de Freitas, ministro da Infraestrutura] na Justiça para acabarmos com os pardais no Brasil, essa máfia de multas, que vai para o bolso de alguns poucos nessa nação. É uma roubalheira. Anuncio para vocês que a partir da semana que vem não teremos mais radares móveis no Brasil", disse ele na ocasião.

A ordem publicada no DOU foi dada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, chefiado por Sergio Moro, que é responsável pela Polícia Rodoviária Federal. A suspensão do uso dos radares vale até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

A suspensão se aplica aos radares estáticos, móveis e portáteis. Não há determinação sobre os radares fixos, que ficam instalados em locais definidos e de forma permanente. Além disso, a medida exige que o Ministério da Justiça revise os atos normativos internos sobre o tema.

Segundo o documento assinado pelo presidente, a medida tem como objetivo "evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade".

No último dia 30, a Justiça Federal homologou um acordo do governo Bolsonaro com o Ministério Público que prevê a instalação de cerca de 1.140 radares de velocidade em rodovias federais. O Dnit informou na segunda que a declaração do presidente Bolsonaro, de acabar com os radares móveis, não tem implicação nenhuma no acerto homologado na Justiça porque se refere a equipamentos fixos.

Para especialistas ouvidos pelo UOL, a consequência de tirar ou diminuir radares de velocidade nas estradas federais será o aumento do número de mortos em acidentes no país.

Cerca de 37 mil pessoas morrem no trânsito brasileiro anualmente. Até 2020, o governo brasileiro tem a meta de reduzir pela metade as mortes no trânsito brasileiro em relação a 2010 -quando houve quase 43 mil casos.

Pesquisa Datafolha realizada no início do mês passado apontou que 67% dos entrevistados reprovam a decisão de acabar com radares nas estradas.

Bahia Notícias

Ibititá: MP-BA pede afastamento de prefeito por não reintegração de professores

Ibititá: MP-BA pede afastamento de prefeito por não reintegração de professores
Foto: Reprodução
A 6ª Promotoria de Justiça de Irecê pediu o afastamento por 180 dias do prefeito de Ibititá, na mesma região, Edicley Souza Barreto. O pleito foi relatado ao Bahia Notícias nesta quinta-feira (15) pela promotora Edna Márcia Souza Barreto de Oliveira, autora da ação civil pública. O caso se refere a não reintegração de 14 professores da rede municipal de ensino que foram afastados pelo gestor.

Os docentes, segundo a promotora, foram aprovados em concurso público em 2013 e deveriam voltar ao trabalho após decisões da Comarca de Irecê e do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-BA). As ordens, segundo ela, foram desobedecidas pelo prefeito.

Edna Márcia de Oliveira também pediu na ação a realização de concurso público e a exoneração de servidores contratados irregularmente para cargos comissionados. No final de junho passado, o prefeito teve negada uma liminar pelo TJ-BA. Edicley tentava a permissão para não fazer concurso público, o que não foi atendido. 

Bahia Notícias

Alagoinhas: Prefeito é punido por contratação irregular de empresa

Alagoinhas: Prefeito é punido por contratação irregular de empresa
Foto: Reprodução
O prefeito de Alagoinhas, no agreste baiano, Joaquim Neto, foi punido pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Em sessão desta quinta-feira (15), a Corte de Contas julgou parcialmente procedente uma denúncia contra o gestor por irregularidade em uma licitação. A contratação, feito em 2008, teve por objetivo prestar serviço de assessoria e consultoria tributária, assessoramento em auditorias fiscais e elaboração de legislação municipal. Segundo o TCM-BA, a denúncia foi feito pela empresa T & D Business Pública e Privada.

O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, multou o gestor em R$2 mil. Por conta do caso, o Ministério Público de Contas sugeriu que o prefeito se abstenha de realizar nova prorrogação do contrato administrativo, devendo ser adotadas medidas para garantir a efetiva capacitação dos servidores para a realização das atividades típicas da carreira.

O TCM-BA ainda considerou a contratação irregular. De acordo com o órgão, a tarefa de realizar a gestão tributária, econômica e fiscal é dos servidores efetivos da procuradoria jurídica, contabilidade ou tributação do município. Ainda cabe recurso da decisão.

Bahia Notícias

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Primeiro Fórum da Saúde do Trabalhador em Coaraci

whatsapp-image-2019-08-07-at-17-44-04
Foto: Reprodução
No mês de homenagem aos 57 anos de Psicologia como profissão no Brasil, os profissionais da psicologia coaracienses organizam o Primeiro Fórum da Saúde do Trabalhador, com a presença da Mestra e Psicóloga Eurisa Maria.

Dia: 15/08/2019
Horário: 18h
Local: Câmara Municipal de Vereadores
Evento gratuito
Aberto a Comunidade

Link de inscrição para certificado:
https://doity.com.br/psicologia-ativa–form-sade-do-trabalhador-elaborao-de-carta

TERRA DO SOL FM

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Por maioria, STF suspende transferência de Lula para presídio em São Paulo

Por maioria, STF suspende transferência de Lula para presídio em São Paulo
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por maioria, suspender a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da superintendência da Polícia Federal em Curitiba para o presídio de Tremembé, em São Paulo. A decisão foi tomada a partir de um pedido da defesa do petista, que sugeriu que ele aguardasse em liberdade até o julgamento de um habeas corpus pela Segunda Turma do tribunal. Caso isso fosse negado, os advogados pediam que ao menos Lula permanecesse onde estava ou tivesse direito a ficar preso em sala de Estado Maior - uma espécie de cela especial.
 
O ministro Dias Toffoli, presidente do STF, decidiu nesta quarta-feira (7) que Edson Fachin seria o relator do pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A defesa do ex-presidente havia endereçado o pedido ao ministro Gilmar Mendes. Marco Aurélio Mello foi o único a votar contra o pedido de suspensão da transferência.
 
Fachin votou por suspender transferência de Lula para o presídio em São Paulo e, na sequência, colocou a decisão para referendo dos demais ministros. Por 10 a 1, o Supremo suspendeu a transferência de Lula para Tremembé e decidiu que ele deve ficar preso em Curitiba até que a Corte julgue o pedido que questiona a atuação de Sérgio Moro no caso dele.

BAHIA NOTÍCIAS

Banda TRIO DA HUANNA assina com a SOM LIVRE

banda
FOTO: REPRODUÇÃO
A banda Trio da Huanna assinou nesta terça-feira com a gravadora Som Livre e deverá lançar em breve um CD para todo o país. A banda é de Ibicaraí, no sul da Bahia, e já conseguiu entrar no cenário nacional com várias músicas.

A banda é liderada pelo vocalista Luizinho e tem um repertório bastante diversificado e é uma das bandas com mais shows contratados no interior da Bahia.

POLÍTICOS DO SUL DA BAHIA

Brasil vai barrar venezuelanos ligados ao regime de Maduro, diz Mourão

Brasil vai barrar venezuelanos ligados ao regime de Maduro, diz Mourão
Foto: Romério Cunha/VPR
O vice-presidente, general Hamilton Mourão, afirmou nesta terça-feira (6) que o Brasil passará barrar a entrada no país de venezuelanos ligados ao regime do ditador Nicolás Maduro. Mourão falou que o Brasil "finalmente conseguiu concretizar" a lista de possíveis barrados.

A afirmação foi feita em Porto Alegre, durante o lançamento do livro "Como destruir um país", de Marcelo Suano, cientista político com trânsito entre os militares. A obra tem prefácio do vice-presidente. "Nós, aqui no Brasil, estamos cumprindo, a partir de agora, o que estava acordado na reunião do Grupo de Lima de janeiro. Que todos os países têm de ter uma lista daqueles elementos do regime que estão enquadrados em crimes contra a humanidade e também na corrupção e roubo dos recursos do povo venezuelano. O Chile e a Argentina já tinham essa lista de gente que não poderia entrar lá. Mas agora, finalmente conseguimos concretizar a nossa. E essa turma não vai poder sair da Venezuela para vir para cá para o Brasil gastar o dinheiro que roubaram do povo venezuelano", disse Mourão.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, esteve em Lima, no Peru, representando o Brasil em uma conferência sobre a Venezuela. "Toda comunidade internacional precisa enxergar: de um lado o governo constitucional do [autodeclarado presidente interino Juan] Guaidó, de outro o regime genocida de Maduro que sobrevive pela força. Quem defende a liberdade e dignidade humana só tem uma opção: #Fueramaduro", escreveu Ernesto em uma rede social nesta terça.

Araújo, entretanto, não mencionou a lista de barrados anunciada por Mourão.  A reunião em Lima terminou sem anúncios de novas medidas contra o regime Maduro. O conselheiro de segurança nacional americano, John Bolton, afirmou que os EUA estão prontos para impor sanções contra quaisquer empresas internacionais que façam negócios com a Venezuela. Apesar do tom, os temores de que os EUA anunciariam um embargo contra a Venezuela durante a reunião não se confirmaram.

Na segunda (5), o presidente Donald Trump assinou uma ordem executiva ordenando o congelamento de todos os ativos do regime venezuelano nos EUA. Ao poupar o setor privado mexicano, a medida deixou de ter o peso de um embargo como o aplicado contra Cuba, por exemplo. Além disso, o fato de a maior parte dos negócios do regime serem hoje ilegais e clandestinos impede a eficácia da medida, segundo especialistas.

BAHIA NOTÍCIAS

Defesa de Lula entra com novo pedido de liberdade no STF

Defesa de Lula entra com novo pedido de liberdade no STF
Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou nesta quarta-feira (7) com novo pedido de liberdade ao Supremo Tribunal Federal (STF) para o petista. A informação é do G1.

Caso o pedido seja negado, a defesa pede que haja a suspensão da decisão de transferi-lo de Curitiba para São Paulo até julgamento final do desse habeas corpus. Caso isto também seja negado, a defesa pleiteia que seja assegurado a Lula a permanência em sala de Estado Maior.

BAHIA NOTÍCIAS

Itabuna: Estudante de odontologia é alvo de ação por exercer profissão ilegalmente

Itabuna: Estudante de odontologia é alvo de ação por exercer profissão ilegalmente
FOTO: REPRODUÇÃO
Um consultório de odontologia em Itabuna, no sul baiano, foi alvo de mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (30). No local, Paulo Henrico Almeida – que não concluiu o curso de odontologia – atendia pacientes irregularmente. Almeida, de 38 anos, não foi preso na ação. Segundo o G1, ele é investigado pelo crime de exercício ilegal da profissão em Itabuna e em Vitória da Conquista, no sudoeste. Em maio deste ano em Conquista, o Conselho Regional de Odontologia (CRO) o denunciou por atuação irregular.

Ainda segundo o site, nas buscas no consultório foram encontrados documentos que comprovam que o homem atendia sem a diplomação. Além do consultório, a ação também realizou buscas na casa do acusado. Conforme o delegado Humberto Matos, várias pessoas fizeram queixas contra o estudante. As vítimas também relataram ameaças do estudante em caso de reclamações contra ele.

Além de exercício ilegal da profissão, ele vai responder por estelionato. O delegado informou que ele chegava a passar no cartão dos clientes um valor acima do que era combinado.

BAHIA NOTÍCIAS

Itabuna: Nestlé sugere que vereadores participem de reunião; fábrica pode fechar

Itabuna: Nestlé sugere que vereadores participem de reunião; fábrica pode fechar
FOTO: REPRODUÇÃO
A Nestlé respondeu a solicitação da Câmara de Vereadores de Itabuna para que uma reunião fosse feita a fim de evitar o fechamento da filial da empresa na cidade. Segundo apurou o Pimenta Blog, a multinacional sugeriu ao legislativo municipal que o encontro fosse realizado no fim de agosto, quando representantes deverão se reunir com o governo estadual.

O possível fechamento da unidade da Nestlé de Itabuna foi confirmado pelo governo através de um comentário nas redes sociais. A desativação da planta industrial, que está instalada em Itabuna há mais de 35 anos, deixaria mais de 240 pessoas desempregadas.

O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Xavier, disse que “essa conversa será importante para termos embasamento do que realmente está acontecendo e saber como o Legislativo pode ajudar na permanência da fábrica”.

Os deputados estaduais Tiago Correia (PSDB) e Pedro Tavares (DEM) cobraram ações do governo para assegurar a permanência da Nestlé no município.

BAHIA NOTÍCIAS

Por 370 votos a 124, Câmara aprova em 2º turno reforma da Previdência

Por 370 votos a 124, Câmara aprova em 2º turno reforma da Previdência
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Por 370 votos a favor, 124 contra e uma abstenção, a Câmara dos Deputados aprovou, em segundo turno na noite desta terça-feira (6), o texto-base da proposta de reforma da Previdência. 

O texto-base aprovado nesta terça é igual ao aprovado no primeiro turno, em 10 de julho, quando 379 deputados votaram a favor e 131 contra. Segundo o G1, a sessão durou cinco horas e meia. 

Para concluir a votação em segundo turno e encaminhar o texto ao Senado, porém, os deputados ainda precisam analisar os oito destaques apresentados pelos partidos para tentar retirar pontos específicos da proposta. Para isso, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou sessão para esta quarta-feira (7). 

BAHIA NOTÍCIAS

Lapa: Tradicional romaria bate recorde e leva mais de 1 milhão à cidade

Lapa: Tradicional romaria bate recorde e leva mais de 1 milhão à cidade
Foto: Divulgação / Prefeitura de Bom Jesus da Lapa
A prefeitura de Bom Jesus da Lapa, na região do Velho Chico, oeste baiano, afirmou que a tradicional romaria bateu recordo de participação e levou mais de 1 milhão de pessoas neste ano à cidade. Segundo a gestão local, só nesta terça-feira (6) – dia da festa do Bom Jesus da Lapa – o centro da cidade recebeu mais de 600 mil pessoas. No mesmo dia, mais de 20 missas foram realizadas a céu aberto em frente à gruta do santuário do santo. 

Para receber esse número recorde de visitantes, a prefeitura fez investimentos em infraestrutura, limpeza e ordenamento do trânsito. “É um período em que a cidade recebe um volume de pessoas 10 vezes maior que sua população. Então, tivemos que investir pesado para acolher bem os romeiros e fazer com que ele volte no próximo ano”, disse o prefeito Eures Ribeiro. 

Uma operação especial para limpeza das ruas também foi realizada. O trânsito de veículos também foi alterado. Ribeiro também declarou que a rede hoteleira registrou 100% de ocupação no período. Terceira maior romaria do país, o evento ocorre há 328 anos. O evento é planejado meses antes de acontecer. 

BAHIA NOTÍCIAS

quarta-feira, 31 de julho de 2019

LevantaFato: Jadson tem apenas 6% de intenção de votos, aponta enquete

Atual mandatário da cidade tem apresenta mau desempenho (Foto: Internet)
O LevantaFato saiu! A enquete realizada pelo Fato Entre Aspas sobre os possíveis pré-candidatos a prefeito de Coaraci aponta um cenário interessante. Foram mais de 10 mil votos contabilizados. Confira o resultado:  

O resultado da pesquisa realizada na internet com leitores de Fato aponta para um empate na primeira colocação entre os pré-candidatos Carlos Maia (SD) e Nino Torquato (PDT), com 22%. Em seguida aparece Sinho Fernandes, com 8%. A ex-prefeita Josefina tem 7%, empatada com Danillo Barbosa. O atual prefeito tem 6% e na lanterna vem o ex-prefeito Gima e o ex-secretário de finanças do governo Josefina, Kadu, ambos com 3% cada.

Os outros candidatos com menor expressão política na cidade também foi citados na pesquisa espontaneamente pelo público. É o caso de Kássio enfermeiro, Milton Cerqueira, vereador Nabor e outras dezenas, impossível de citar aqui todos. Eles tiveram em torno de 1% cada e, somados ficaram em 25%.