sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Colégio Ciso de Itabuna pode ser fechado pela gestão Josefina no Núcleo de Educação

Com Informações do Politicos do sul da Bahia
A passagem da ex-prefeita de Coaraci, professora Josefina Castro (PT), na direção do Núcleo Regional de Educação poderá ficar marcada pelo fechamento do colégio Ciso, localizado no Bairro de Fátima, em Itabuna. 

O colégio é tradicional e está comemorando 50 anos, mas é conveniado e o estado paga o aluguel de R$ 12 mil por mês, e mais despesa com energia e água. O blog apurou que o objetivo com o fechamento é de redistribuir os alunos do CISO entre os colégios Inácio Tosta, Médice e Luiz Eduard, do bairro Parque Boa Vista. 

Existem salas ociosas nessas escolas que são prédios da rede. Ao longo dos anos foram bloqueando as séries do fundamental do sexto ao nono ano. “Os alunos do ensino médio poderão ser redistribuídos dentro da própria rede e os professores vão junto para outras escolas.Dessa forma o estado para de pagar aluguel caro. Essa é a ideia. Diminui número de gestores e servidores são remanejados,” declarou uma fonte ouvida pelo blog.

Globo vai abandonar transmissão dos campeonatos estaduais

A Globo deixará de transmitir os campeonatos estaduais de futebol a partir de 2020, de acordo com Mario Celso Petraglia, presidente do conselho deliberativo do Atlético-PR. Ele afirmou ao diário Lance que as competições são "deficitárias" para a emissora. Ainda segundo o dirigente, apenas o Paulistão continuará sendo transmitido, por já ter sido comercializado até 2022. 

O dirigente deu as declarações à versão online da publicação esportiva. Petraglia defendeu a continuidade dos campeonatos, apesar da desistência da Globo. "Os estaduais não podem acabar. Têm que ser feitos o ano inteiro e buscar outras verbas, outras alternativas de financiamento. Não podemos acabar com as competições... Temos 650 clubes profissionais no Brasil. 

Essa é a base do nosso futebol", disse o ex-presidente do clube paranaense. ambém em entrevista concedida ao Lance, Fernando Manuel Pinto, diretor de direitos esportivos do Grupo Globo, defendeu um reposicionamento das competições estaduais. "Não sou a favor do fim dos estaduais, mas defendo uma mudança deles. Temos que proteger as competições nacionais, pois só elas colocam os clubes brasileiros prestando atenção um no outro", explicou. O executivo disse ser um "desperdício condenar o torcedor a passar um terço do ano prestando atenção somente no futebol de seu Estado". Procurada pelo site Notícias da TV, a Globo não quis se manifestar sobre o assunto.

São Miguel é o Campeão do Ruralzão de Uruçuca

O Campeonato Ruralzão de Futebol voltou a ser realizado na cidade de Uruçuca, após cinco anos, e no último domingo (4), no Estádio Ferreirão, foi realizada a final, na qual a equipe do São Manuel venceu Serra Independente, por 2 a 0, e conquistou o título. O time campeão recebeu uma premiação de R$ 3 mil. 

A Federação Bahiana de Futebol colaborou com troféus e medalhas para o campeão, vice-campeão, artilheiro e melhor goleiro da competição. As semifinais e final foram disputadas no Ferreirão, mas as fases anteriores aconteceram em campos na zona rural, movimentando várias localidades de Uruçuca. Participaram 32 equipes do Ruralzão, com a presença de 600 atletas e mais de 110 jogos. O prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite Júnior contou com o apoio da Câmara de Vereadores para fornecer material esportivo a todos os times do campeonato, que foi realizado pela Diretoria de Esportes da Zona Rural, tendo à frente o diretor Jubinho da Serraria. 

A equipe de trabalho contou com a parceria significativa da Liga Uruçuquense de Futebol Amador (LUFA), através do presidente Carlos Alberto Conceição Souza. Sempre presente aos jogos, o prefeito Moacyr Leite Júnior destacou a importância do resgate do Ruralzão, que movimenta o comércio e proporciona lazer aos trabalhadores e seus familiares.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Bolsonaro venceu em apenas quatro cidades da Bahia

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) formou maioria de votos em apenas quatro municípios da Bahia: Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, Itapetinga e Buerarema. Nas outras 413 cidades Fernando Haddad (PT) venceu nas urnas, na maioria com mais de 60% dos votos válidos. 

Na cidade do oeste baiano, Bolsonaro teve 58,8% dos votos. Para 41,20% dos eleitores de Luís Eduardo Magalhães, o petista deveria governar o país. Em Itapetinga, o percentual foi menor. Em Buerarema, o novo presidente da República recebeu votos de 55,26% dos eleitores, contra 44,74% do petista. O candidato do PSL foi opção para 53,69% dos itapetinguenses, enquanto 46,31% dos munícipes votaram em Haddad. Em Teixeira de Freitas, a disputa foi acirrada. 

A diferença entre o presidente eleito e o candidato derrotado foi de pouco mais de 1.300 eleitores. Bolsonaro ficou com 50,97% dos votos válidos e Haddad com 49,03%. Nas quatro cidades, o capitão reformado também venceu no primeiro turno. No entanto, duas cidades que registraram a vitória de Bolsonaro na primeira fase das eleições mudaram o placar. Itabuna deu 51,31% para Haddad neste domingo (28) e Ilhéus ultrapassou o percentual de 60% de apoio ao petista.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Liminar do STJ suspende condenação de Isaac e Leur Junior pode perder vaga na Câmara

Em decisão liminar, o Superior Tribunal de Justiça deferiu o efeito suspensivo no processo que causava a inelegibilidade do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), eleito (subjudice) deputado federal nas eleições deste ano. Com isso, o deputado federal eleito Leur Lomanto Jr (DEM) pode perder a cadeira na Câmara dos Deputados. Isaac obteve 100.549 mil votos na eleição do domingo (7) e pediu na justiça a validação dos votos. 

Ele foi condenado pela Justiça em 2015 a um ano, 11 meses e 10 dias de prisão, acusado de cometer ilegalidades com recursos públicos. Após a decisão liminar, publicada nesta segunda-feira (22), o comunista pode se considerar elegível. Como Leur Lomanto foi eleito nas sobras dos votos do coeficiente (176.102 mil votos), tendo 82.110 mil votos, o demista não tomaria posse. O Ministério Público, no entanto, ainda pode recorrer da decisão do STJ. 

De acordo com o advogado e especialista na área de Direito Eleitoral, Ademir Ismerin, a medida liminar do STJ derruba a inelegibilidade atestada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), mas não torna Isaac automaticamente deputado federal eleito. “Existe a possibilidade do TSE não aceitar a medida liminar e deferir o resultado no dia da eleição. Mas existem motivos para comemorar. Isaac conseguiu uma decisão difícil e agora tem mais uma arma para brigar pelo mandato”, retificou Ismerim. “Sempre acreditei que a verdade iria prevalecer através da Justiça, porque não cometi nenhum dano ao erário. Foi uma batalha árdua, mas vencemos. Eu sou muito grato a quem vê em mim um legítimo representante dos seus anseios e vou lutar todos os dias para honrar cada voto que recebi”, disse Isaac Carvalho. Já o deputado Leur afirmou que vai aguardar a decisão final da Justiça Eleitoral.

Em eleição antecipada, Edson Galo é eleito presidente da Câmara de Coaraci

Com apenas uma Chapa inscrita para a Eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Coaraci, o vereador Edson Santos Galo (PV) foi eleito presidente do Poder Legislativo por 10 votos a 0, para o biênio 2019/2020 em uma articulação da bancada de centro, aliada a bancada de oposição, tendo como o maior articulador o vereador Mamigo. 

A eleição ocorreu na noite desta terça-feira, 23, em sessão especial para eleição da mesa diretora. O vereador Nabô do Hospital (PCdoB), apresentou atestado medico e não compareceu a sessão. A Chapa eleita é composta por Edson Galo (PV) presidente, Roberto Brito (PCdoB) vice-presidente, Thiago Lourenço (PV) primeiro secretário e Antonio Macedonio (PTB) segundo secretário. 

A posse da nova mesa diretora será em 1º de janeiro de 2019. A Câmara de Vereadores de Coaraci é composta por 11 vereadores, além dos integrantes eleitos para a mesa diretora, os demais vereadores são: Mamigo (PRB), Lessa (PODEMOS), Graça Santana (PSC), Neto da Colina (PR), Carlos Maia (SD), Nabô do Hospital (PCdoB) e Rúbia (DEM) atual presidente.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Leur pode perder cadeira na Câmara Federal, se TSE validar votos de Isaac Carvalho

Isaac Carvalho (PC do B) e Leur Lomanto Jr. (DEM)
Apesar de encerrado o pleito eleitoral para os deputados federais e estaduais, a distribuição de vagas por coligação ou partido ainda causa dor de cabeça para os parlamentares que ficaram por último na lista de eleitos. Isso porque uma decisão judicial pode garantir a eleição do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), e derrubar o deputado eleito Leur Lomanto Jr. (DEM). Isaac obteve 100.549 mil votos na eleição do último domingo (7), mas sua candidatura está sub-judice. Ele foi condenado pela Justiça em 2015 a um ano, 11 meses e 10 dias de prisão, por cometer ilegalidades com recursos públicos. Ao longo de 2010, o gestor remanejou ilegalmente recursos orçamentários, mediante emissão de decretos de abertura ilícita de créditos adicionais suplementares, cujo montante chega a aproximadamente R$ 112 milhões. 

Com base na Lei da Ficha Limpa, Isaac não poderia concorrer. Mas decidiu recorrer das decisões. Com a validação dos votos do comunista, o coeficiente eleitoral terá um acréscimo, derrubando a última vaga da segunda coligação que obteve o maior número de votos, a que corresponde ao DEM, PRB e PV. Eleito nas sobras dos votos do coeficiente (176.102 mil votos), Leur Lomanto Jr. (82.110 mil votos), não tomaria posse. Mesmo com a candidatura indeferida, o ex-prefeito conseguiu participar do pleito porque a decisão do indeferimento foi publicada após o prazo da Justiça Eleitoral para alimentar as urnas com os nomes dos candidatos. O comunista negou os possíveis crimes. “A própria decisão do TJ-BA afirma claramente que eu não cometi dano aos cofres públicos. Houve um equívoco, uma troca contábil, e não desvio de recurso. 

Eu tenho até a diplomação pra fazer todo esse trâmite andar e provar a nossa lisura nesse processo. Tivemos que combater inverdades, mas superamos todas elas com muita dedicação da nossa militância e apoio das lideranças que estiveram ao nosso lado. Agora á buscar na justiça o que as urnas confirmaram ser a vontade do povo”, declarou Carvalho. A reportagem entrou em contato com o demista, mas foi informada de que o deputado estadual se pronunciará após a decisão da Justiça. O TSE vai analisar o recurso, mas ainda não há data do julgamento.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Resultado para Senador em Coaraci

Resultado para Governador em Coaraci

Resultado para Presidente em Coaraci

Confira os mais votados em Coaraci para Deputado Estadual

Confira os mais votados em Coaraci para Deputado Federal

Nino Torquato teve a maioria dos votos para Deputado Federal em Coaraci

O ex-vereador Nino Torquato (PDT), conquistou o que a maioria das lideranças políticas do município não esperava: o primeiro lugar na votação para Deputado Federal nestas eleições 2018. Nem ele mesmo esperava superar os candidatos que contavam com o apoio das lideranças políticas que têm polarizado as eleições municipais nos últimos 16 anos. 

A dupla Josefina/Kadu, Tia e Sobrinho, ela, ex-prefeita, deram 2216 votos aos seus respectivos candidatos a Deputado Federal (Alice Portugal com 1132 e Ronaldo Carletto com 1084). Já a dupla Gima/Jadson, pai e filho, o pai ex-prefeito e o filho atual prefeito da cidade, deram 1914 votos aos seus respectivos candidatos a Federal (Leur Lomanto Jr com 1549 e Imbassahy com 365).

A cidade valorizou Nino, que herda de seu pai o espólio político daquele que foi vereador por três mandatos nas décadas de 50 e 60, e governou Coaraci por três vezes nas décadas de 70, 80 e 90, elegendo sucessores em todas as três vezes (naquela época não existia ainda a possibilidade de reeleição). Joaquim Torquato é considerado como um dos grandes idealizadores do município tendo construído ao lado de Antônio Lima e Janjão que também foram prefeitos nas décadas de 70, 80 e 90 as grandes obras estruturantes do município. 

Nino, também já foi vereador por três mandatos e na eleição de 2016 foi candidato à prefeito obtendo 695 votos. Sem comungar com as duas correntes partidárias que disputaram às eleições, o PT e o DEM, Nino se manteve firme até o último momento na eleição municipal, o que lhe credenciou credibilidade para se lançar candidato a Deputado Federal e obter essa votação expressiva. 

Resta saber o que será do futuro político em Coaraci, com Jadson Albano (DEM), atual prefeito, tendo condições de disputar à reeleição, a ex-prefeita Josefina (PT) e o sobrinho Kadu (PCdoB) também de olho na cadeira de prefeito, além do atual vice-prefeito Rosival Carvalho (PV) que pode pleitear o cargo. Em meio a tudo isso existe Nino Torquato (PDT) com seus 2251 votos obtidos em Coaraci, sem contar com o apoio de nenhum político com mandato atual.

sábado, 6 de outubro de 2018

19 locais abrigarão seções eleitorais em Itajuipe; saiba onde votar

Em Itajuipe são 19 locais que abrigarão as seções, a partir desta eleição as seções 42 e 155 que funcionavam na Escola Flor da Acácia, foram transferidas para a Escola Cinderela, próxima a Escola Pedro Catalão. Excepcionalmente nesta eleição, a seção 54 da Escola Profª Núbia Borges Badaró funcionará no Posto de Educação de Adultos (PEA). Nas demais seções não há alteração.

Confira os locais de votação:
Escola Professora Diógenes Vinhas - Seções:  20, 21, 22, 30, 31 
Escola da Creche Humberto Badaró - Seções: 18, 40, 41, 166
Escola Luiz Viana Filho - Seções: 24, 35, 49, 50, 51, 86
Escola Alberto Hage - Seções: 61, 62, 82, 84, 161, 168
Escola Brasilino José dos Santos (Sequeiro Grande) - Seções: 66, 67, 167
Escola Pedro Catalão - Seções: 19, 23, 45, 46, 47, 48, 59, 60, 65, 71, 89
Escola Drª Lourdes Pinillos Menezes - Seções: 43, 57, 58, 72
Escola Frei Henrique Woltering - Seções: 38, 39, 164
Escola Joaquim Cunha Filho (Ruinha) - Seção: 165
Escola Leolina Nazaré Andrade - Seções: 37, 55, 56, 73, 76
Escola Otávio Portela Póvoas (União Queimada) -  Seções: 68, 163
Escola Profª Núbia Borges Badaró - Seções: 29, 44, 52, 53, 87
Escola Polivalente - Seções: 25, 26, 27, 28, 78, 80, 90
Escola Cinderela - Seções: 42, 155
Escritório local da Ceplac (Seção Especial) - Seções: 32, 33, 36, 162
Escola Pedro Alves de Melo (Bandeira do Almada) - Seções: 69, 70
Instituto Visconde de Mauá - Seções: 63, 83
Posto de Educação de Adultos (PEA) - Seções: 54, 74, 79, 81
Rotary Club - Seções: 34, 64

terça-feira, 2 de outubro de 2018

10 locais abrigarão seções eleitorais em Itapitanga; saiba onde votar

Neste domingo (07), dia da eleição o cidadão deve comparecer ao local de votação portando o título de eleitor e documento oficial com foto, no horário das 8h da manhã às 17h. E para não correr o risco de se atrasar ou ficar sem votar, é necessário ter em mente o local onde ficará sua seção eleitoral.

Confira os locais de votação:
Colégio João XXIII - Seções: 63, 64, 66, 74, 88 
Escolinha Ana Luiza - Seções: 65, 121 (Seção Especial)
Escola Alcides David - Seções: 67, 68, 69, 73, 89, 105
Escola Laurinda Fraga Pimentel - Seções: 108, 116, 130
Escola Presidente Médici - Seções: 71, 113, 143
Escola Theodora Maria dos Santos (Cafundó) - Seções: 75, 76, 84
Escola João Baldoino Filho - Seções: 61, 62
Escola José Batista dos Santos - Seções: 94, 112
Escola Leur Antonio de Brito Lomanto - Seções: 70, 72
Escola Antonio Teodoro Nascimento Filho - Seções: 60, 107, 114, 115, 123, 128, 129

9 locais abrigarão seções eleitorais em Almadina; saiba onde votar

Neste domingo (07), dia da eleição o cidadão deve comparecer ao local de votação portando o título de eleitor e documento oficial com foto, no horário das 8h da manhã às 17h. E para não correr o risco de se atrasar ou ficar sem votar, é necessário ter em mente o local onde ficará sua seção eleitoral.

Confira os locais de votação:
Auditório do Colégio João Arbage - Seções: 05, 06
Colégio João Arbage - Seções: 01, 02, 03, 09, 101
Colégio Luiz Viana Filho - Seções: 08, 77, 92, 109, 125
Escola Antonio Carlos Magalhães - Seções: 04, 11,103
Escola Alice Oliveira Lima - Seções: 138, 140 (Seção Especial)
Escola Tia Coló - Seções: 10,118, 136
Escola Pingo de Gente - Seções: 13, 135
Escola Maria Gomes Martins Filha - Seções: 85, 86, 97, 117, 131
Fundação Assistencial Santa Isabel - Seções: 07, 12

27 locais abrigarão seções eleitorais em Coaraci; saiba onde votar

Neste domingo (07), dia da eleição o cidadão deve comparecer ao local de votação portando o título de eleitor e documento oficial com foto, no horário das 8h da manhã às 17h. E para não correr o risco de se atrasar ou ficar sem votar, é necessário ter em mente o local onde ficará sua seção eleitoral.

Em Coaraci são 27 locais de votação que abrigarão as seções. A seção 137 foi transferida do Balcão de Justiça para a Escola São João Apostolo (Rua Claudionor Batista Leal, n. 210, Centro), A seção 83 que funcionava no CEC e a seção 144 que funcionava no CSU foram transferidas para o Colégio Ligia Fialho (Av. São Pedro, Feirinha),  As seções 132 e 134 foram transferidas do CEC para a Escola Rotary (Avenida Almerinda de Carvalho Santos).
* Não será permitido o ingresso na cabina de votação do eleitor que estiver portando celular ou qualquer outro mecanismo de comunicação ou de filmagem ou de fotografia.
* Não será permitida a entrada de eleitor, não portador de necessidades especiais, na cabina de votação com crianças, salvo de colo (até 02 anos).
* O eleitor portador de necessidade especial poderá ter auxílio de terceiro, ainda que criança, na medida da sua necessidade desde que informado à Presidência da Mesa e por ela verificada a real necessidade, devendo o adulto ou criança que prestará o auxílio ser devidamente identificado na ata com os dados constantes de documento oficial com foto apresentado.
* O eleitor pode votar branco ou nulo em quantos cargos quiser, não havendo obrigação de votar em todos os cargos validamente.
* O eleitor que desistir de votar no meio da votação terá todos os votos já realizados devidamente computados e os votos restantes considerados nulos.

C o n f i r a   o n d e   v o t a r:
Auditório do CEC -  Seções: 45, 145
CEC – seções: 39, 50, 53, 87
Igreja Católica –  Seções: 23, 79, 93, 111, 119, 124
CSU –  Seções: 46, 48 
Clube Social de Coaraci –  Seções: 28, 29
Colégio Municipal de Coaraci – Seções: 24, 25, 26, 80, 102, 110
Educandário Pestalozzi – Seções: 21, 22 
Salão da Igreja Batista - Seções: 54, 106 
Colégio Almakazir –  Seções: 19, 20, 32, 33, 34, 35, 37, 47, 81, 98, 100, 133
Creche Rita Amado (antigo Colégio Paulo Américo) – Seções: 14, 15, 43, 44
Maçonaria –  Seções: 30, 31
Escola Inês Soares (Barragem) –  Seções: 36, 38, 122
Escola São João Apostolo – Seção: 137
Escola Ligia Fialho (Feirinha) - Seções: 83, 144
Escola Nossa Senhora de Lourdes (anexo CEC) – Seções: 127, 141
Escola Nair Gomes (Jardim Cajueiro) – Seção: 139
Escola Jaime Pereira (Itamotinga) –  Seção: 99
Escola Monteiro Lobato –  Seções: 40, 41, 42 
Escola Sagrada Família – Seções: 16, 78, 104 (Seção Especial)
Escola Ricardo José dos Santos (Colina) –  Seções: 95, 96
Escola Inajá Dórea (S. Roque) –  Seções: 57, 58
Escola Jorge Viana –  Seções: 27, 51, 52, 82
Escola Waldomiro Rabelo (Mª Gabriela) –  Seções: 120, 142
Escola Jairo Góes – Seções: 17, 18, 49, 91
Escola João Mendes da Costa (Itamotinga) –  Seções: 55, 56
Escola Régis Pacheco (Ruinha) – Seção: 59
Escola Rotary - Seções: 132, 134

Confira como seu vereador vai votar domingo

Na sessão legislativa da Câmara Municipal de Coaraci desta segunda-feira (01), ultima sessão antes das eleições deste domingo, 7 de outubro, a presidente da Câmara, Rubia Soraia, dividiu o tempo restante da sessão para que cada vereador em três minutos pudesse expressar como vai votar neste pleito de 2018 e pedir voto para os seus candidatos. 

Confira como cada vereador vai votar neste domingo, com exceção do vereador Neto da Colina (PR) que não compareceu a sessão. Click no gráfico a baixo

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Coaraci entre os dez maiores devedores da Justiça do Trabalho na Bahia

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-BA) divulgou o ranking dos maiores devedores na Justiça do Trabalho baiana. A lista, que é feita com base no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT) e inclui dez pessoas jurídicas e as dez pessoas físicas, é uma importante ferramenta para garantir que a sociedade conheça os maiores inadimplentes perante a Justiça Trabalhista. Quem estiver na relação não pode, por exemplo, participar de processo licitatório, conforme previsão da Lei de Licitações (12.440/2011), realizar financiamentos públicos ou receber incentivos fiscais. Entre os devedores, estão dois municípios, três terceirizadas, uma empresa pública federal e uma estadual. 

O Município de Ilhéus é o maior devedor entre as pessoas jurídicas do estado com 1.579 processos, seguido pela Petrobras (1.602 processos), pela Fundação Petrobras de Seguridade Social – Petros (524), pelo Protector Segurança e Vigilância Mantenedor (505) e pela MDA Construções (452). O municipio de Coaraci é o 6º no ranking com 403 processos,  já Afrânio Cesar Oliva de Matos lidera o ranking de pessoas físicas com 255 processos. A divulgação da lista faz parte das ações para a Semana Nacional da Execução Trabalhista, que ocorrerá de 17 a 21 de setembro, em Tribunais e Varas do Trabalho de todo o país, com o apoio do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). O objetivo é concentrar suas ações na execução, fase do processo em que o devedor é compelido a pagar ao trabalhador os direitos reconhecidos na sentença. A LISTA – O Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT) é alimentado diariamente pelas Varas e Tribunais do Trabalho de todo o país. O devedor que não pagar o débito ou garantir a quitação da dívida, no prazo previsto em lei, após ser devidamente cientificado da condenação definitiva pela Justiça do Trabalho, será obrigatoriamente incluído no banco. 

A inadimplência registrada no BNDT inclui as obrigações trabalhistas impostas por sentença, os acordos trabalhistas homologados pelo juiz e não cumpridos, os acordos realizados perante as Comissões de Conciliação Prévia e não cumpridos, os termos de ajuste de conduta firmados com o Ministério Público do Trabalho e não cumpridos, as custas processuais, multas, honorários de perito e demais despesas oriundas dos processos trabalhistas não quitados. A inclusão, alteração ou exclusão de dados do BNDT depende de ordem judicial expressa. Uma vez inscrito, o devedor integra um pré-cadastro e tem prazo improrrogável de 30 dias para cumprir a obrigação ou regularizar a situação, evitando a positivação de seus registros. Terminado esse prazo, a inclusão do inadimplente acarretará, conforme o caso, a emissão de certidão positiva ou de certidão positiva com efeito de negativa (quando a dívida não é paga, mas o devedor oferece bens à penhora). quitada a dívida ou satisfeita a obrigação, o juiz da execução determinará a exclusão do devedor do BNDT.

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Morador de Itajuipe é preso por roubar chocolate na loja Americanas em Itabuna

Na tarde deste sábado (31), a Polícia Militar apreendeu em flagrante um homem de nome Juvenal de Souza Almeida Júnior, 37 anos, morador de Itajuipe, acusado de roubar chocolates na Loja  Americanas, do centro da cidade de Itabuna. 

O ladrão, envergonhado, confessou todo o crime. O homem foi encaminhado para a DRFR (Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos) e ficará a disposição da Justiça. Informações do Verdinho