terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Prefeito ordena despejo de igreja evangélica em Itabuna

No último final de semana, os membros de uma igreja evangélica, em Itabuna, foram surpreendidos com uma ordem de despejo expedida pela prefeitura. Secretários do prefeito Azevedo (DEM) obrigaram a desocupação de um galpão, onde funcionava provisoriamente a Igreja Batista Nacional Betânia, no Bairro São Caetano. Os cristãos ficaram revoltados.

Por meio de nota de repúdio, o pastor da igreja disse que o galpão, que pertencia anteriormente a Kildare, estava alugado para a congregação até o final do ano e que eles foram obrigados a desocupá-lo sem aviso prévio e de forma truculenta. 

Segundo o pastor, até ameaça os fiéis receberam. “Fomos coagidos a desocupar imediatamente, e sem nenhuma comunicação prévia, o galpão onde estávamos instalados provisoriamente, mas com contrato de aluguel registrado em cartório”, ressaltou o pastor Armando Silva Macedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário