sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Lei da Ficha Limpa atinge políticos da região

Geraldo Simões e Azevedo (Itabuna), Paulo Martinho e Marcos Dantas (Itajuípe), Ney Apolinário (Itapitanga) e Gima (Coaraci) estão entre os atingíveis (Motagem: FatoEntreAspas.com)
A chamada Lei da Ficha Limpa foi considerada constitucional, na noite desta quinta-feira (16), pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e já vai valer para as eleições deste ano. Pela lei, os políticos condenados em órgãos colegiados (tribunais) por práticas de crimes diversos ficam impedidos de se candidatar (conheça alguns dispositivos da lei). A não aprovação de contas também leva a inelegibilidade. Na região vários políticos estão nesta situação. 

Em Itabuna o atual prefeito Capitão Azevedo (DEM) e o deputado federal Geraldo Simões (PT) estão na lista dos gestores que tiveram suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Na mesma situação estão os ex-prefeitos de Itajuípe Valter José Goncalves, Paulo Martinho e o atual prefeito, Marcos Dantas. Em Itapitanga é o ex-prefeito Ney Apolinario que pode estar na lista negra da justiça eleitoral. 

Já em Coaraci os nomes são dos ex-prefeitos Joaquim Miguel (o Gima) e Elivaldo Henrique. Ambos tiveram suas contas rejeitadas também pela câmara de vereadores. Nos demais casos, algumas contas já foram votadas pelos respectivos vereadores dos municípios e outras ainda aguardam julgamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário