segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Secretário de Integração Regional visita obras de usina de leite em Coaraci

Venâncio Leal (secretário de agricultura de Coaraci) apresenta as instalações da usina ao titular da Sedir (Foto: Genisson Santos) 
Em visita à Coaraci, na última sexta-feira (03), o secretário estadual de Desenvolvimento e Integração Regional, Wilson Brito, esteve vistoriando as futuras instalações da usina de beneficiamento de leite da Cooperativa dos Produtores de Leite da Bacia do Almada e Gongogi (Coopragi). 

Comitiva vista instalações da usina (Foto: Genisson Santos)
Acompanhado do diretor executivo da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Vivaldo Mendonça; da gerente do escritório regional em Itabuna da CAR, Anorina Lima; do representante do Sebrae, Jeferson Lomanto, de técnicos da companhia, da prefeita Josefina Castro e do secretário municipal de agricultura, Venâncio Leal, Wilson Brito acompanhou o andamento das obras. 

Em reunião com a prefeita Josefina e representantes da Coopragi, no auditório da prefeitura, o secretário Wilson Brito assumiu compromisso de se empenhar para que a usina seja inaugurada até o mês de abril. 

O titular da Sedir ainda participou de um programa de rádio e TV local, onde ressaltou que o atraso no andamento da fábrica se deu devido a problemas com o dimensionamento do projeto, que teve que ser readequado. No entanto ele fez questão de garantir que a fábrica vai sair. “Hoje estamos aqui presentes pra dizer à comunidade de Coaraci que, a fábrica já é uma realidade. Eu diria, como uma pessoa que conhece um pouco da parte de engenharia civil, que até o final de março a gente terá esta estrutura totalmente pronta, com seus equipamentos implantados”, afirmou Brito, ao apresentador Carlos Maia/Revista da Cidade. 

Secretário Brito e prefeita participam de programa local
(Foto: Genisson Santos)
A prefeita Josefina falou da expectativa da entrega da usina à comunidade, juntamente com a obra da cobertura da feira, que deve contar com a presença do governador Jaques Wagner. 

A estimativa é que a usina de beneficiamento trabalhe inicialmente com a captura de 10 mil litros de leite por dia, produzindo cerca de 300 quilos de doce e 500 quilos de queijo diários, beneficiando pequenos e médios produtores dos 8 municípios de abrangência da cooperativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário