sexta-feira, 20 de julho de 2012

Dono dos supermercados Meira já foi solto

Do A Região 

Empresário foi preso em operação na última quarta
O empresário Hebert Moreira Dias, conhecido como "Beto do Meira", quase foi transferido da carceragem da Polícia Federal para o presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, na tarde desta quinta-feira. 

Preso desde a quarta-feira, Hebert foi libertado no final da tarde, depois de passar a noite na carceragem da Polícia Federal. O alvará de soltura foi expedido pouco tempo antes da transferência. 

Dono da rede de supermercados Meira, Hebert foi preso pela Polícia Federal sob a acusação de ter sonegado R$ 17 milhões em impostos, usando dezenas de empresas montadas por "laranjas" que usavam o mesmo nome Meira. 

Com isso, segundo a Receita Federal, as dívidas tributárias não eram pagas. Assim que a empresa ficava inadimplente, ele passava a usar outra, mantendo o mesmo nome fantasia Meira. As dívidas ficavam para o fisco. 

O depoimento de Beto do Meira à delegada-chefe da Polícia Federal em Ilhéus Denise Cavalcante durou cerca de 8 horas. Beto também responde por porte ilegal de uma pistola e dinheiro falso, encontrados em sua casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário