sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Aplicativo faz ‘exame de vista’ pelo celular; invento é testado na África

Um aplicativo que transforma celulares em uma espécie de consultório oftalmológico portátil tem sido testado na Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres. O pesquisador Andrew Bastawrous, que criou o aplicativo Peek (Portable Eye Examination Kit, ou kit portátil de exame de olhos, em tradução livre), disse que os testes vão abranger cinco mil pessoas no Quênia, África. Para detectar catarata, por exemplo, o aplicativo usa a câmera do celular para examinar os olhos. 

No procedimento, uma letra aparece na tela e diminui de tamanho, como em um exame básico de visão que informa a necessidade ou não de usar óculos. Uma luz dispara do flash da câmera do celular é usada para iluminar o fundo do olho, que vê a retina, para tentar identificar mais doenças. Segundo o criador do aplicativo, as informações do paciente são armazenadas no celular e os resultados enviados para os médicos. 

O aplicativo pode ser um aliado no diagnóstico e tratamento de pacientes em lugares afastados do continente africano. "Os pacientes que mais precisam (de atendimento oftalmológico) nunca vão conseguir chegar a um hospital, pois eles estão além do fim da estrada, não têm renda para o transporte, então precisávamos de um jeito de encontrá-los", afirmou Bastawrous. O aparelho custa cerca de 300 libras (mais de R$ 1.070), o que é bem mais barato que um equipamento oftalmológico, avaliado em 100 mil libras (quase R$ 358 mil).

Nenhum comentário:

Postar um comentário