quarta-feira, 24 de abril de 2019

Policiais baianos acusados de sequestro e roubo continuam presos na Paraíba

Os dois policiais militares da Bahia presos no município de Fagundes, no Agreste paraibano, no último dia 17, vão seguir detidos em Campina Grande. Os PMs Diego Afonso Saraiva e Danilo Fernando Oliveira Alcântara são suspeitos de envolvimento em sequestros de empresários, fraude, roubos e adulteração de veículo na Paraíba.

De acordo com o titular da Delegacia de Roubos e Furtos da Polícia Civil em Campina Grande, Victor Melo, os PMs devem ficar presos no Batalhão da Polícia Militar.Eles passaram por audiência de custódia, na terça-feira (23), e a Justiça decidiu pela manutenção das prisões.

A Polícia Civil da Paraíba informou que os acusados estão sendo investigados há mais de um ano, após a ocorrência de uma série de sequestros contra empresários, na região de Campina Grande. Alguns empresários já reconheceram os suspeitos como sequestradores e também as armas usadas nas ações criminosas, conforme a polícia. Os crimes foram em janeiro e setembro de 2018 e em março deste ano.

Diego Afonso e Danilo Oliveira foram presos juntos com Eberson Carmo dos Santos, que também seria um dos integrantes da quadrilha de criminosos. Eles são acusados de adulteração de sinal de veículo, receptação, porte ilegal de arma de fogo, falsidade de documentos, sequestros, roubos e associação criminosa. / Do Pimenta

Nenhum comentário:

Postar um comentário